Não ao SHAMPOO!?

Postado por A Diabinha | | | 5 comentários »

Se você tem (ou conhece quem tenha) cabelos cacheados ou ondulados e nunca ouviu falar sobre No Poo e Low Poo, está na hora de se situar melhor sobre o grande movimento capilar do século 21! E por que não dizer a grande revolução na valorização dos cachos?


Para quem tem cabelos cacheados ou crespos, o momento de lavar os cabelos com xampu é, muitas vezes, um verdadeiro martírio. Fios embaraçados, queda e ressecamento são as principais queixas após a lavagem. A razão disso está no principal componente da maioria dos xampus: o Lauril Sulfato de Sódio (ou suas variantes), detergente responsável pela limpeza do couro cabeludo e dos fios. O problema é que ele, além de remover as impurezas presentes no cabelo, leva junto a oleosidade natural produzida no bulbo capilar, responsável pela hidratação e proteção das madeixas. Além disso, causa micro-fissuras na estrutura do fio. Mas como se livrar dos danos que o xampu causa aos cachos?


Foi lançado nos EUA um livro específico para as cacheadas (Curly Girl, de Lorraine Massey). Nele, são encontradas várias dicas de como cuidar dos cachos, inclusive a de não usar o tão temido xampu. Achou estranho? Calma! A seguir, os principais pontos abordados no livro “Curly Girl”, e dicas de produtos que prometem deixar os cachos mais saudáveis, hidratados e bonitos.



No-poo: é um método que consiste basicamente em parar de usar o xampu. Isso não significa parar de lavar os cabelos, e sim deixar de agredi-los com substâncias detergentes. De acordo com o livro, no lugar do xampu, deve ser usado um condicionador, livre de silicone e óleo mineral, nos cabelos bem molhados, friccionando bem o couro cabeludo para remover as impurezas. Após o enxágüe, aplica-se novamente condicionador, dessa vez no comprimento e pontas. Sempre que necessitar de uma limpeza mais profunda, pode ser usada uma solução de bicarbonato de sódio ou fermento químico (aquele usado em preparação de bolos), na proporção de uma colher de chá para um copo pequeno de água. A solução pode ser ajustada às necessidades do cabelo, não agride os fios e funciona como anti-resíduos.

Low-poo: um método menos radical, indicado para quem não consegue eliminar totalmente o xampu da sua rotina, vive em cidades quentes ou pratica exercícios físicos com regularidade, o que aumenta a oleosidade no couro cabeludo. Trata-se de reduzir o uso de xampu, passando a ser aplicado uma vez por semana ou a cada 15 dias. Nos demais dias, usa-se o condicionador para lavar o cabelo, conforme descrito acima. Se houver necessidade, pode ser aplicada a solução de bicarbonato durante o intervalo.

Gel no cabelo: como a maioria dos cremes sem enxágue presentes no mercado contêm óleo mineral e silicone, substâncias que ressecam as madeixas a longo prazo, uma dica do livro é o uso de gel incolor e sem álcool como modelador de cachos, amassando os fios de baixo para cima.

Período de adaptação: os cachinhos não ficaram do jeito que você queria logo na primeira semana do no-poo? Não desista! Há um período de adaptação de até algumas semanas para o couro cabeludo regular a produção de oleosidade e os fios se adaptarem à retirada do óleo mineral e dos silicones. Muitas pessoas que testaram o método a longo prazo, sentiram uma melhora significativa na saúde dos cachos.


NO-POO PARA TODOS?

Uma das dúvidas que surgem ao se ouvir falar em no-poo é se qualquer pessoa pode fazer. É importante esclarecer que nem todos podem ou precisam parar de usar xampu. O método é mais indicado para quem sofre com cabelos secos, não se adapta a nenhum tipo de xampu, sente ressecamento e quebra acentuada dos fios durante e logo após a lavagem, ou ainda se tem cabelos cacheados ou crespos.

Mas o método deve ser testado com cautela, se você:
• não gosta de molhar o cabelo com freqüência (é fundamental lavar os fios pelo menos a cada dois dias com condicionador livre de silicones e óleos minerais);
• usa produtos químicos de transformação no cabelo (tintura, relaxamento, etc);
• sofre de caspa ou oleosidade excessiva no cabelo ou couro cabeludo;
• prefere cachos mais abertos (o método aumenta a definição dos cachos, tornando-os mais anelados).

Nestes casos, o no-poo/low-poo podem não trazer o resultado desejado.

Caso perceba alguma reação indesejável, como excesso de oleosidade na raiz ou surgimento de caspa, volte a usar o xampu com mais freqüência, pois provavelmente o método não é indicado para você.


ABAIXO O SILICONE!

Você sempre ouviu que o famoso reparador de pontas com silicone faz bem ao cabelo e forma uma película protetora, não é? Pois saiba que a função dos silicones é somente realizar uma “maquiagem” nos fios, e seus resíduos não são eliminados nem mesmo com xampu normal. Para removê-lo, é preciso aplicar xampu anti-resíduos, o que acaba por ressecar os fios. A solução sugerida é abolir o silicone, o que a longo prazo mantém as madeixas saudáveis. A oleosidade natural do couro cabeludo é que protegerá os fios, assim não será preciso recorrer aos reparadores de pontas.

Alguns tipos de silicone são solúveis em água, e são encontrados geralmente em cremes sem enxágüe. Estes podem ser utilizados, já que serão removidos com a simples aplicação do condicionador. Confira aqui uma listagem para conhecer quais tipos de silicones são solúveis em água.

Várias adeptas do no-poo também não recomendam o uso de produtos com óleo mineral, especialmente no condicionador que será usado para a lavagem dos fios. Isso porque o óleo mineral forma uma barreira na superfície da pele, bloqueando os poros e não deixando a pele respirar. A mesma recomendação vale para a parafina líquida ou sólida e o petrolato. Por isso, toda atenção é pouca ao verificar a composição no rótulo dos produtos!

Prefira produtos com óleos 100 % vegetais; têm propriedades hidratantes e não danificam os fios. Esses óleos são encontrados em lojas de produtos naturais.


RECEITINHAS CASEIRAS

Além da limpeza profunda com bicarbonato ou fermento, o livro aborda outras receitas caseiras valiosas para as adeptas do no-poo ou low-poo:

Esfoliação com açúcar mascavo: uma outra forma de limpar profundamente o couro cabeludo é esfoliando-o, usando uma mistura de 1 colher de sopa de açúcar mascavo com 3 colheres de condicionador.

Spray de lavanda: para substituir os produtos à base de óleo mineral e silicone e reavivar os cachos, basta ferver 1 litro de água por uma hora, para remover as impurezas, e em seguida acrescentar 5 gotas de óleo essencial de lavanda. Depois de esfriar, coloca-se a mistura num spray. Pode ser usada quantas vezes precisar durante o dia.

Limpeza com limão: misturar o suco de 1 limão à quantidade de condicionador que vai ser aplicada nos cabelos ao lavar. Segundo o livro, o limão é melhor do que qualquer xampu e ainda funciona como tônico.

Tônico refrescante (“Love is in the Air”): tônico para cabelos secos. Misturar 4 colheres de sopa de azeite de oliva ou óleo de amêndoas (vendido em lojas de produtos naturais, pois os de farmácia contêm óleo mineral na composição), 4 colheres de sopa de condicionador e 2 a 3 gotas de óleo essencial. Para cabelos curtos, a mistura rende 2 aplicações. Misturar bem e aplicar nos cabelos. Amasse os cachos e coloque clipes para levanta-los e separa-los. Pode ser deixado de um dia para o outro ou por várias horas. Depois basta enxaguar com uma mistura de condicionador e suco de limão.

Coquetel de banana ("Fruit Smoothie"): dá brilho e balanço para os cachos. Bata no liquidificador 3 bananas bem maduras, 1 colher de chá de óleo de amêndoas e meia xícara de suco de cenoura. Passar no cabelo molhado, cobrir com toalha molhada e deixar agir por meia hora.

Hidratação com óleo vegetal: misture 1 a 3 colheres de café de óleo vegetal ou azeite de oliva, 2 a 4 gotas de óleo de lavanda. Aplique no comprimento e pontas, cubra os cabelos com filme plástico e deixe agir por 30 minutos. Enxágüe com suco de limão.


Fonte

5 comentários

  1. Pritty Girl 25 // 8 de abril de 2009 16:16  

    Amei as dicas....vou sempre passar por aqui...Bjosssss

  2. A Diabinha // 8 de abril de 2009 18:31  

    Lindona, obrigada.

  3. Nessa // 5 de novembro de 2009 02:58  

    Olhe um lugar legal para comprar produtos para beleza inclusive para quem tem belos cachinhos, é uma loja virtual e atende a todo o Brasil, eu recomendo.

    www.cosmeshop.com.br

    Veja também o que escreveu um renomado cabeleireiro conhecedor dos produtos, além das modelos que utilizaram os produtos:

    www.descabelado.blogspot.com

  4. Sandra // 20 de abril de 2010 20:37  
    Este comentário foi removido pelo autor.
  5. M Quadros // 16 de dezembro de 2013 20:19  

    legal

Postar um comentário

"Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerada pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que estar viva é sensacional." (Agatha Christie)
Comentem!*